domingo, 7 de fevereiro de 2016

Indicação: ''A Lua Que Eu Te Dei'', um romance infanto juvenil de Ana Rapha Nunes

Olá meus ilustres e queridos amigos literários, este tópico é referente a indicação de um livro cujo a autora Ana Rapha Nunes escreveu e publicou pela Editora Appris. O livro se chama ''A Lua Que Eu Te Dei'', e é um lindo romance infanto juvenil, gênero cujo sou apaixonado desde pequeno. 

A Ana Rapha entrou em contato comigo me perguntando sobre uma possível parceria e ajuda na divulgação de seu livro. De imediato me encantei pelo livro e afirmei que o indicaria para vocês. Aliás, a obra de Ana Rapha tem tudo a ver com o Projeto que o Marcas Literárias tem para este ano, OS NACIONAIS MERECEM PRESTÍGIO, e é certo que seu livro deve ser prestigiado também.

Bom, mas de início, não vou comentar muito sobre a obra em si, pois nesta semana que se inicia haverá a resenha dela aqui no blog, então, o melhor ficará para depois. De qualquer modo, já deixo claro a vocês que trata-se de um livro cheio de lições e bastante encantador, eu o recomendo com certeza.


Título: A Lua Que Eu Te Dei
Autor: Ana Rapha Souza
Publicação: 2015
Editora: Appris
Gênero: Infanto juvenil
Páginas: 102

Links:

Sinopse: Uma bela amizade, uma doce infância, a Lua como presente. Bebel e Luan são amigos inseparáveis, desde o tempo das fraldas. Mas, agora que cresceram, surgem mudanças o tempo todo. Novos sonhos, novos amigos, novas histórias. Será que o sentimento deles sobreviverá a essa nova fase? Luan seria capaz de tudo para provar o seu amor por Bebel. Quem não gostaria de ter a Lua ao alcance das mãos? E provar o sabor das estrelas? Será que Bebel resistirá a essa prova de amor?

"Um amigo é um eu que a gente encontra no outro. É uma pessoa que, entre tantas outras, faz com que a gente se sinta alegre, confiante, seguro, querido. Do amigo a gente sente falta, pois é alguém com quem a gente quer dividir as alegrias, partilhar as angústias, pois o verdadeiro amigo está sempre disposto a ouvir e a ser ouvido. Cumplicidade. É isso. Não há meio termo. Cumplicidade é a base do relacionamento entre Bebel e Luan, destinados, desde cedo, a serem grandes amigos. Esses dois, aliás, são grandes exemplos de que o amigo é sim um eu que a gente encontra no outro."
Yohana Hartmann Schena
Coordenadora e Professora do Colégio Bom Jesus

Biografia da autora Ana Rapha:

Com aulas saborosas e prêmios, Ana Rapha, assim carinhosamente chamada pelos seus alunos, é uma professora que conquista pelo seu modo diferente de ensinar a Língua Portuguesa. Além de professora do Ensino Fundamental II, ela acumula outras experiências: professora universitária, formando docentes para ensinarem com criatividade, e coordenadora de área, tendo capacitado profissionais, criado materiais didáticos, projetos literários e avaliações diferenciadas. Apaixonada por cores e letras, adora apreciar um belo pôr-do-sol, saborear um delicioso chocolate ou dedicar-se a uma leitura. Além de escrever, adora viajar, por livros e por lugares desconhecidos, gosta de poesia e aprecia a natureza. A Lua que eu te dei é o seu primeiro romance.


E então, a Ana é ou não é uma simpatia? Aproveita e dá uma passadinha lá no Facebook dela e prestigie o seu trabalho na literatura brasileira. Ela está diretamente envolvida com aqueles que serão o futuro do país, e isto já é admirável. Desta forma, coloco o emblema do Projeto Marcas Literárias nesta matéria também.

Para adquirir um exemplar autografado, é só solicitar para a própria autora, através do: Facebook ou do email: escritora.anarapha@gmail.com




Deixem os seus comentários, as suas opiniões são importantes.

Um abraço a vocês e até a próxima amigos.


Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Lindo Projeto. Vc está de parabéns. Já fiquei com vontade de ter esse livro!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Fernando.

      A história é linda.

      Abraços.

      Excluir
  2. Muito legal estou me apaixonando cada dia mais por este gênero. A capa é bem criativa adorei.
    Parabéns Léo por este projeto fantástico.
    Beijos da Luh...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luh, a literatura Infanto juvenil é encantadora, amo desde sempre, devoro histórias do gênero como um esfomeado, rsss.

      Obrigado por apoiar o projeto. Beijos.

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd