segunda-feira, 14 de março de 2016

Resenhando: ''Horror na Colina de Darrington'', livro do autor M.V. Barcelos

Meu nome é Leonardo Otaciano. Mas podem me chamar de Léo. Com vozes perturbadoras em minha mente e um turbilhão de imagens de tudo o que li em ''Horror na Colina de Darrington'', escrito por M.V. Barcelos, começo desesperado e enlouquecido mais esta resenha no Marcas Literárias. Um livro daqueles que agonizamos frustrados ao terminarmos tão rápido uma história tão perfeita que poderia sem problema algum se estender por mais e mais páginas...


Título: Horror na Colina de Darrington
Autor: M.V. Barcelos
Publicação: 2015
Editora: Novo Século
Gênero: Terror, suspense
Páginas: 112


Sinopse: Você acredita em fantasmas? Ben Simons é um rapaz órfão de 17 anos que vai para a casa dos tios ajudar a cuidar de sua priminha Carla após a tia ter sofrido um derrame. Apesar da infeliz situação de tia Julia, Benjamin esperava que a Colina de Darrington fosse um lugar de certa tranquilidade. O que encontra, porém, é uma trama de terror e sangue, cujo único propósito é a conquista de um poder absoluto e inimaginável por meio de forças malignas. A casa esconde segredos terríveis e sombrios. Conheça os caminhos mais tortuosos da mente humana e descubra até que ponto alguém chega para salvar a vida de um ente querido neste intrigante amálgama de suspense e terror sobrenatural. Onde termina o inferno e começa a realidade? Junte as peças e descubra. Sem dúvidas, esta é uma história para aqueles que não têm medo do escuro e de todo o mal que nele habita.

''Estou ensandecido! Muito ensandecido! Confesso que o ''Horror na Colina de Darrington'' fez os meus fenômenos mentais se confundirem. A capa do livro, perfeita e de excelência maestria no mundo do terror já denota o quanto a obra é ímpar. Segredos obscuros. Assassinatos. Medo. Muito medo do sobrenatural. Do oculto. Do desconhecido. Dos barulhos dos cascos... Estou arrepiado e sinto que ainda preciso alcançar a escuridão.''
''O ambiente estava irreconhecível. Lá fora, a chuva torrencial deixava a noite ainda mais escura. Dentro da sala, velas negras iluminavam fantasmagoricamente um enorme símbolo que havia sido desenhado no assoalho.''
''Desde que me deparei com essa capa e li a sinopse da obra, fui controlado por uma força maior que me levou diretamente a Colina de Darrington. Tive que adquirir e saborear todo o medo presente nas páginas do livro,''

Gente, o que é esse enredo? Meu Deus! Vamos lá...

A teia tecida por M.V. Barcelos em ''Horror na Colina de Darrington'' foi muito bem elaborada. É envolvente desde o começo. É impossível querer fazer pausa nesta leitura. O autor faz o leitor arregalar os olhos, literalmente, tanto de medo quanto de ansiedade. É quase inacreditável que, um livro tão curto — voltado para o estilo de conto — seja tão enorme em termos de acontecimentos e surpresas. Há um controle acalorado sobre a pessoa que lê. O suspense medonho leva elegantemente o enredo a um desfecho amedrontador. M.V. Barcelos foi capaz de fazer em pouquíssimas páginas o que alguns outros escritores — do gênero ou não — não conseguiram muitas vezes produzir em um livro bem mais completo — em termos de paginação. O ambiente sombroso e desconhecido se apodera da história e do leitor. Acarreta um ''desespero oculto e terrível''. É sensacional. Os elementos que M.V. Barcelos usou em seu livro, foram perfeitos. 

''Minha visão ficou cada vez mais turva e o ar pareceu rarefeito. Mas pude ver com clareza quando diversas formas escuras surgiram das sombras e arrastaram tia Julia para longe de mim. Dezenas de braços negros, machucados e de carne putrefata brotavam do chão e seguravam a perna dela. Algumas formas tinham o que pareciam cabeças deformadas e bocas escancaradas...''

A escrita de M.V. Barcelos é maravilhosa. O leitor pode ficar tranquilo quanto ao medo do cansaço durante a leitura. Isso não acontece. Tudo flui de forma harmoniosa. Marcus Vinícius não utiliza o palavreado dificultoso, sua opção em escrever a obra com palavras acessíveis foi um ponto muito positivo para que ''Horror na Colina de Darrington'' se tornasse uma OBRA PERFEITA — quando relacionada ao seu gênero ou mesmo pertinente a própria literatura. De acordo com vários comentários já encontrados em outros blogs literários, os leitores devoram as páginas de modo guloso. O estilo do autor gera no apreciador de histórias de suspense uma carga dominante em todos os aspectos. O cara é demais. O cara é excelente!

Os capítulos se iniciam sempre com essas páginas negras intituladas de cor branca. Um charme!!!

Ao decorrer da história, são exibidos trechos de documentários de jornais, prontuários de emergência médica e gravações de ligações de pedido de socorro. Isto foi realmente muito necessário para aclarar o pensamento do leitor sobre os mistérios e em alguns casos causar ainda mais dúvidas nele neste verdadeiro labirinto sinistro e sombrio, a Colina de Darrington.

Na verdade, a partir de determinado ponto, o leitor começa a se questionar o que é realmente fato e o que possa ser apenas fruto da imaginação de Ben. O rapaz, em vários momentos, parece não aguentar a carga sobrenatural que o cerca e muitas dúvidas começam a surgir em sua mente.

''Meu mundo desmoronou após ler aquelas últimas linhas (...) Amanda? Morta? E quem queria levar Carla? Entrada para o inferno? Quem estava envolvido? Quanto mais eu me aprofundava naquele pesadelo, naquelas perguntas, mais as coisas pareciam surreais.''

Há uma mensagem muito importante no enredo e o autor deixa isso bem claro no capítulo 6 da obra. O desaparecimento de crianças e suas formas é um dos temas que circulam sobre o suspense. Um dos principais motivos do mal citado em sua trama, está certamente ligado a este assunto. M.V. Barcelos está de parabéns por atribuir ao seu livro um tópico tão importante como este. Os rituais satânicos, conceitos e seus organizadores trazem a obra o ar mais grave tão esperado por muitos que apreciam o toque de seriedade nos livros.

''O ritual de sacrifício é algo que acontece desde a antiguidade, e todas as culturas que o realizam atestam que a morte da criatura sacrificada ''alimenta'', de certo modo, seres sobrenaturais, alguns denominados demônios, espíritos e até deuses. O objetivo do sacrifício, portanto, é invocar essas criaturas e dar-lhes o ''alimento'' (...)''

O melhor suspense lido por mim no ano. Há ponderações psicológicas envolventes.

O autor consegue, num súbito, alterar o teor sombrio do suspense e terror dominante sobrenatural, para um macabro/real saturado por rituais. O cara é muito habilidoso. Sua competência e talento são esplêndidos. Há um poema, intitulado ''Dança da escuridão'', de universo transcendente. Aviva o sinistro e o sabor do desconhecido. 

A obra faz uma retratação também ao enlouquecido desejo pelo poder, ao ocultismo e ao doentio sentido mental de indivíduos. Seja o que for, o que havia — ou ainda há — na Colina de Darrington, é algo muito dominador. Ben sentiu-se apoderado por isto após suas descobertas. Era incontrolável. A situação de medo dá lugar a horrendas cenas de matanças e muito sangue nos capítulos finais.

A diagramação é perfeita. As páginas são manchadas em suas bordas e o estilo de papel Luxcream deixaram o acabamento do livro mais bonito.

O desfecho do livro é incrível, perfeito, fabuloso. Leva o leitor diretamente a muitos questionamentos. Isto pode variar de acordo com a percepção de algumas pessoas. Para alguns, a partir de determinado ponto da trama, será possível já se deparar com algumas perguntas interessantes. Será que Ben era um rapaz de mente perturbada? Será que o mau na Colina de Darrington foi o responsável pelos acontecimentos macabros? Seria Ben, o mocinho ou o vilão? Sejam quais forem as respostas, tenho pesadelos terríveis com isso!

Depois de rituais, fantasmas, mortes, sangue, loucura e muitos elementos terríveis, anuncio a classificação da obra com 5 estrelas e estreio uma nova categoria para as minhas resenhas, uma espécie de sexta estrela que os meus livros favoritos irão ganhar. ''Horror na Colina de Darrington'' do autor M.V. Barcelos, está FAVORITADO em minha coleção. Parabéns Marcus Vinícius, você e sua obra merecem o nosso prestígio. Estou admirado com o livro.



E você que ainda não leu a obra, corre lá no link na descrição do livro ao início da resenha e aproveite a promoção no site. Adquira o seu.

E aí, já leram ''Horror na Colina de Darrington''? O que acharam? Compartilhem suas opiniões comigo. Se ainda não leram, comentem também, é sempre muito importante saber o que vocês estão achando do cenário nacional. 

Um forte abraço a todos e até a próxima.



Comente com o Facebook:

18 comentários:

  1. Uau! Parabéns pela resenha. Você me fez sentir novamente os calafrios que tive durante a leitura. De uma maneira clara e formidável, você ressaltou os melhores pontos dessa obra. Simplesmente, fiquei fascinado com sua resenha.
    De todas que li, foi a melhor até agora.
    É por isso que eu amo seu blog e acompanho sempre!
    Muito feliz com sua postagem!
    Mais uma vez, meus sinceros parabéns!
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que isso grande Filósofo, muito obrigado. Abraço.

      Excluir
  2. Só pela sinopse eu já gostei e depois da sua resenha só me fez querer mais ler essa obra. Adorei sua resenha, bem detalhista.
    Arthur K.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita e elogios Arthur.

      Valeu.

      Excluir
  3. Livro genial. Resenha idem. Abs Leonardo!

    ResponderExcluir
  4. Você mais uma vez conseguiu transpor de forma clara, objetiva e encantadora seu olhar sobre a obra. Só aguçou minha curiosidade. Fiquei feliz, pois já tenho o livro, agora é correr para lê-lo! Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Geh, obrigado. Fico feliz que a resenha tenha instigado a sua vontade. Parabéns ao autor pela obra.

      Excluir
  5. Tenho visto comentários super positivos sobre esse livro, estou bastante curiosa para lê-lo! Adoro terror e adoro diagramações bonitas, não tenho como fugir hahaha

    Mago e Vidro
    | Sorteio DamnedGirls | NOVE livros pra você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando tiver a oportunidade, leia, é demais!!!!

      Excluir
  6. Ae Léo, que resenha hein, gostaria de poder saber colocar as palavras como você faz, suas resenhas são as melhores, parabéns!
    Esse livro quando acabei de ler, realmente fiquei impressionado tem uma grande qualidade.
    Abraços!

    Evandro Roldão - Café, Livros e Séries

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa Evandro, obrigado pelo elogio. Adoro tuas resenhas também. Em breve, quero ver a resenha do meu livro no teu Blog tbm.

      Quanto ao livro do Barcelos, sem sombra de dúvida, um dos melhores do gênero.

      Excluir
  7. Ola,
    Eu sou muito fa dos livros de terror, eles me afetam muito mais do que os filmes.
    Sempre estou lendo algo do genero, seja em livro ou em formato de creepypasta mesmo.
    Adorei a proposta do livro e a diagramaçao esta muito legal mesmo.
    Com certeza vou tentar ler esse livro logo logo.
    xoxo

    Planeta94.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jason, não deixe de ter esse livro, é excelente.

      Abraços e obrigado pela visita.

      Excluir
  8. Oi Léo resenha incrível adorei, tenho o livro aqui mas ainda não li agora fiquei super ansiosa par ler mas acho que vai ser durante o dia kkkkk. Muito bom Parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim Luh, kkk, melhor ainda se for a noite kkk.

      Obrigado.

      Excluir
  9. Nossa, me deu calafrios só de ler a resenha. Tinha lido a resenha do Fernando, que teceu muitos elogios a obra, assim como você. Se antes eu desejava esse livro, agora estou louca por ele.
    A capa e a diagramação estão perfeitas, o autor também está de parabéns, o enredo é envolvente e cheio de mistérios (do jeitinho que eu amo).
    Um livro a altura de Stephen King, tenho certeza.
    Maravilhosa resenha meu amigo, conseguiu expressar muito bem em palavras todas as emoções que teve ao ler essa história incrível, ao ler suas palavras pude sentir o impacto de suas impressões e a sua admiração por essa obra.
    Sempre arrasando comigo, minha lista de desejados só aumenta rs.
    Beijinhos de uma fofoqueira que te admira muito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kalita, obrigado pela visita. Fico feliz que tenha gostado da resenha. Vou dizer o mesmo que disse aos outros amigos do Marcas Literárias. Corre logo e vá ler esse livro, kkk. Tá perdendo tempo!!! Kkk

      Beijos.

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd