domingo, 22 de maio de 2016

Autoridades incompetentes: Mosquitos que derrotam a nação, por Luciano Otaciano


Autoridades incompetentes:

Mosquitos que derrotam a nação
Categoria: Atualidade

É inegável que a cada dia que passa surgem novas tecnologias avançadas para o bem da humanidade, porém no Brasil a realidade é outra e bastante desanimadora. Com o aparecimento do Zika Vírus e da Chikungunya, surge também um forte questionamento: será que o homem está cada vez mais ineficiente e incompetente para aquilo que se propõe a fazer? Ou será que a natureza e o próprio Universo estão nos punindo por matarmos aos poucos o planeta onde vivemos? São questionamentos que eu e muitos outros fazemos todo o santo dia.

Onde iremos parar? Será que a humanidade está fadada ao caos global? Principalmente no nosso país, onde sabemos que a maioria vive em condições precárias e desumanas. Quando se pensa nessa doença da atualidade é possível logo chegar a conclusão de que seja inaceitável sermos derrotados por um simples inseto, pra ser mais preciso, um mosquito!


O mosquito que se assemelha aos políticos do Brasil. Só sabem sugar!

Os mosquitos se alastraram pelas cidades do país e já há casos de Zika e Chikungunya em todos os estados brasileiros. Cadê as autoridades que nada fazem? Ah, fazem sim! Eles estão preocupados em derrubar quem está no poder para lucrarem com a roubalheira que existe no país,

Que país é esse? Ainda me lembro, quando na adolescência, escutava essa canção da Legião Urbana, e de lá para cá o mundo evoluiu, a globalização chegou, vimos avanços em todas as áreas possíveis em outros países, mas no Brasil, quase nada mudou, continua o mesmo!

Vou lhe fazer uma pergunta caro leitor, você acredita em milagre? Se você acredita, então lhe faço outra pergunta, o Brasil tem solução? 

Aqui no estado do Rio de Janeiro, cidade onde nasci e vivo até os dias atuais, o cenário é vergonhoso, a saúde está um caos, o transporte? Idem! Segurança? Não existe. Dizem os mais estudiosos no assunto, que o estado está quebrado. Será que está quebrado mesmo? E quanto a crise que o Brasil vive, será que é verdadeira? Ou poderia ser uma máscara que colocam para cobrir o que a própria máscara não consegue mais cobrir? Vivemos em um país hipócrita onde as leis existentes favorecem apenas os de melhor situação econômica. 


Vejam esta frase, é a cara do Brasil: ''Desordem no Congresso''.

A Copa do Mundo já passou, vocês se lembram que a seleção brasileira foi derrotada vergonhosamente jogando em seu país, não é? E os estádios que construíram e que agora são pouco utilizados? Viraram elefantes brancos, verdadeiras obras de arte no meio do nada. Os Jogos Olímpicos estão chegando. Será as Olimpíadas para gringo ver, isso posso lhes garantir. Nenhum deles vive aqui para sentir na pele a situação atual de lama e corrupção desse país famigerado e completamente derrotado pela vergonha. 

Imaginem vocês leitores, como deve ser a imagem do Brasil lá fora! Eu só tenho uma palavra para descrevê-lo atualmente, VERGONHA! Porém o mais preocupante mesmo é a saúde da população. A mesma vem envelhecendo ao longo dos anos e não vemos avanço nessa área. As vacinas parecem que perderam o efeito que deveriam ter. A Zika e a Chikungunya chegaram, aliás, elas sempre estiveram entre nós, mas não como hoje.

E nós, veremos um simples mosquito vir e fazer a festa em nosso quintal? Se cada um fizer a sua parte, vamos vencer o monstro que nós mesmos criamos. Esse monstro chama-se irresponsabilidade com fortes pitadas de incompetência. E vocês, autoridades, não vão fazer nada? Ficarão de braços cruzados? Só sabem roubar?




Comente com o Facebook:

10 comentários:

  1. Luciano, meu irmão, muito obrigado por fechar de forma esplendorosa essa semana de atividades no blog. Valeu por fazer parte disso tudo. Você é parte fundamental.

    Cara, adorei o artigo. Confesso que cheguei a dar risadas pela forma que você transmitiu essa realidade tão triste e lamentável do Brasil. Você expôs sua visão de forma brilhante.

    Não há como ditar uma beleza inexistente do Brasil. A população está entregue ao nada. Certo, nada é totalmente bom ou ruim, mas a parte ruim é muito maior nesse caso. Realmente muitos setores estão largados, saúde e educação não são prioridade quando deveriam ser. O fato da doença dos mosquitos revela muito bem a incapacidade das autoridades em prover a população.

    Lendo sua matéria, lembrei-me sim, dos anos 7O, 8O, onde muitos gritavam por melhorias. Os reflexos da situação saíam da arte em forma de músicas e poesias protestantes, além dos muitos conflitos e da verdadeira guerra civil. Como já dizia a letra de ''Autoridades Incompetentes'', música de Capital Inicial escrita naquela era, ''acham que não passamos de fantoches, bonecos para brincar... sabem que estamos em fila mas a fila não incomoda''.

    É isso, não sei mais em que ou em quem acreditar, porém, é claro que há décadas as melhorias surgem de forma muito gradual, e muitas coisas por aqui parecem não progredir. Os poucos que querem de fato ajudar, acabam passando pelo processo de contaminação ou simplesmente não são ouvidos.

    O título e as imagens retratam uma espécie de metáfora ótima. Parabéns pela matéria. Há momentos que é preciso sim sermos agressivos ao expor determinados assuntos.

    Abraços e sucesso!

    :)

    ResponderExcluir
  2. Obrigado por comentar, concordo plenamente a população não aguenta mais tanta incompetência e roubalheira nesse país que tudo é questão de corrupção. O seu comentário foi magnífico, parabéns por usar o seu blog como uma ferramenta de ideias que precisam de debate em nossa sociedade. Forte abraço.

    ResponderExcluir
  3. Uauuu! Quero parabenizar a você Luciano pela brilhante escolha do texto para fechar a semana. Questionou-nos, nos respondeu e suscitou em mim sentimentos que antes estava em standbay. Poucos que param para se preocupar e analisar tais situações. Compartilho com você desse pensamento, creio sinceramente que o sentimento que nos move é realmente de Vergonha. Vergonha por fazer parte disso tudo e nada poder fazer, vergonha pela incompetência de quem foi escolhido, pois engana-se quem pensa que escolheu alguma coisa. Com isso fica claro que o voto nada vale.
    Estamos vivendo momentos difíceis, onde cada um precisa cuidar de si mesmo, fazer a sua parte. Lembro-me muito bem que quando eu tinha meus 13 já se falava do mosquito, e do que podia fazer, e naquela boa intenção todos se juntavam pra fazer o trabalho de separação de lixo, cuidando pra que não se alastrasse, por outro lado não podiam mudar uma realidade sozinhos, era necessário que as autoridades competentes estivesse atentos a tudo isso para que não deixasse chegar onde estamos.
    Penso que o ideal e necessário mesmo seria cuidar da educação, pois a educação precisa ser iniciada desde a infância procedida de grandes cuidados, para que esta se prolongue durante toda a vida, sabemos que a educação eminente teórico não é o mais adequado, não atingindo a plenitude dos objetivos, e com isso com certeza não resolve os problemas sociais, por isso a importância de estarem conjugada.
    Aí volto a filosofia e o que os filósofos acreditava ser o melhor. Platão acreditava que Os governantes tinham de ser definido pela sabedoria, pois os cidadãos bem orientados e educados se tornarão homens sensatos e consequentemente ponderados capazes de transformar a injustiça em justiça, “Como pode uma sociedade ser salva, ou forte, se não tiver à frente seus homens mais sábios?” Mas enquanto não aparece esse homem sábio, seremos nós mesmos, cuidemos de uma parte que nos cabe, ao menos estamos tentando. Encantada com teu texto moço. Parabéns!!!:bd

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Geane, a sua visão é o complemento perfeito para o ponto de vista passado no texto.

      Sinto-me sempre em uma aula de filosofia onde abordamos muitos pontos da nossa sociedade através de pensamentos que servem como os melhores exemplos em situações adversas.

      Parabéns.

      Excluir
  4. Fico muito feliz com o teu comentário querida Geane, saiba que os seus comentários são sempre muito inteligentes e de forma genial você mostrou-nos o seu ponto de vista, o seu pensamento. Magnífico. verdade Platão por sinal foi o meu filósofo favorito, e consequentemente o filósofo que mais li em minha existência. Um grande abraço a ti, nesse que é o dia do abraço.

    ResponderExcluir
  5. Olá Luciano, todos deveriam parar para pensar nisso, você escreveu um ótimo artigo.
    O complicado é que parece que nunca melhorará em nada, o Brasil está se afundando cada vez mais e os governantes arrumam mais coisas para terminar de afundar nossa nação, um exemplo disso será as Olimpíadas.
    Nesse período que estamos passando eu sinto muito por cada cidadão brasileiro, principalmente os do Rio de Janeiro que morrem nos corredores dos hospitais, e os que não morrem não levarão nenhum benefício desse grandioso evento.
    Para grande infelicidade nossa.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Olá Juliana! Grato por você comentar de forma muito realista e inteligente à respeito sobre a situação atual do nosso país.Cada vez mais o país se afunda e parece que realmente nunca melhorará o que me entristece profundamente como cidadão brasileiro. A situação da saúde aqui no estado do Rio de Janeiro é muito vergonhosa, creio que nos demais estados do país não seja diferente! As olimpíadas realmente não deixará benefício algum para a população que clama por soluções. Abraço.

    ResponderExcluir
  7. Matéria esplêndida, basante reflexiva sobre a atual situação do nosso país e mundo sem dúvida o Brasil se tornou uma vergonha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Emídio.

      O Brasil que eu vejo não pode mesmo ser qualificado com uma palavra diferente. -

      Excluir
  8. Com certeza Emídio! Grato por você comentar e deixar sua opinião. As matérias são feitas para as pessoas deixarem suas opiniões, pena que muitos não o fazem. Abraço.

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd