quarta-feira, 11 de maio de 2016

[Resenha] "O Segredo no Lago Gorgolejante", Osmar J. Ribeiro

Amigos literários, sejam bem-vindos novamente ao #ML. Hoje trarei uma rápida avaliação sobre o que encontrei em um livro em formato [Ebook] que li ontem pela madrugada. A história é um infanto juvenil muito legal e pelo que entendi, está publicada de forma independente em sites para venda e leitura digital, como no Amazon.com. Bem, eu recebi pedidos para a leitura do livro, assim como também para uma resenha, por isso venho deixar para vocês turminha amável, uma visão mais extensiva sobre o livro ''O Segredo no Lago Gorgolejante'' do autor Osmar J. Ribeiro. 

Acompanhem-me nessa aventura tão legal vivenciada pelos irmãos Lucas e Jéssica e seu primo Ray num lugar bem esquisito que guarda um segredo muito diferente de tantos outros. 


Título: O SEGREDO NO LAGO GORGOLEJANTE
Autor: Osmar J. Ribeiro
Publicação: 2014
Editora: Digital Books Editora
Gênero: Infanto Juvenil
Páginas: 56


Sinopse: Ferias escolares... Os irmãos David e Jéssica, viajam rumo a fazenda de seu primo Ray um garoto estranho, e cansado da vida na fazenda, certo dia seus pais viajam rumo a cidade para fazer compras, então surge a oportunidade das crianças explorar a mata ao derredor da fazenda, momento em que descobrem um sinistro objeto e estranhos acontecimentos passam a acontecer a partir deste momento...


Com uma escrita simples, desnuda de palavreados complicados e expressões maldosas e confusas, o autor entusiasma imensamente o seu leitor em ''O Segredo no Lago Gorgolejante''. A agradável maneira de se expressar envolve facilmente o apreciador, com muito sentimento, fazendo um importante papel de modelação do caráter individual. É possível crescer junto com os personagens e desenvolver melhor alguns de nossos sentimentos bons, deixando de lado orgulho, prepotência, desobediência, arrogância, soberba e tantas outras essências ruins que, mesmo na infância, compromete a formação da personalidade idônea e de valores corretos nos pequeninos. O livro, arremessa aquele que o lê, para um universo real e contemporâneo, rodeado de coisas bacanas à exemplo do vídeo-game — uma das brincadeiras atuais da molecada — e, ao mesmo tempo, se compromete a resgatar o espírito aventureiro nos mais velhos, conduzindo-os para um mundo onde a fantasia e a aventura se faz presente. Nos mais jovens, suas almas são preenchidas ainda mais através do mecanismo de contato com o mundo fantástico e de fertilização da imaginação. Sem dúvida, muito recomendado não somente para este grupo infantil e juvenil, mas tão necessário para o grupo dos adultos também.

''— Meu pai entrou naquela mata e... acho que viu ou encontrou algo estranho lá. Quando ele fala sobre aquela mata sua expressão muda totalmente, é como se houvesse monstros terríveis escondidos lá, apenas esperando algum garoto indefeso entrar e ser devorado.''

O enredo é limpo e não estimula violência física, uso às drogas, sexo ou criminalidade. É ótimo para quem necessita, sobretudo, de uma leitura bem leve e divertida. Os acontecimentos são um tanto bobos e graciosos. É uma aventura interessante e envolvente. Os personagens, cheios de vontade e vida, são bem construídos e caracterizados — talvez nem tanto esteticamente, mas reflexivamente e particularizadamente. Para alguns, a história poderá se apresentar como um clichê barato da literatura porém mantive-me despreocupado quanto a isso, eu adorei. O autor é bem peculiar em sua maneira de escrever e transmitir a narrativa, apresentada em 3ª pessoa. Os pequenos lapsos são apenas as falhas de tempos verbais em alguns momentos.

Imagem meramente ilustrativa.
O livro instiga o leitor à uma aventura bem leve com personagens mirins simpáticos e cheios de curiosidades pelo novo e desconhecido.

A história dos irmãos Lucas e Jéssica, que vivem na cidade e vão passar alguns dias das férias escolares no campo, lugar onde mora o tio Piter e o primo Ray, traz ao leitor uma porção significativa de gostosuras. Os irmãos descobrem, em pouco tempo que Ray é um menino bem estranho e que não gosta de viver na fazenda, além disso, é um tanto desobediente e não respeita a decisão do pai ao determinar que ele e os primos não ultrapassassem certa área dos arredores da casa. Daí adiante, a curiosidade falou mais alto e Ray instigou os primos a se aventurarem no matagal. A história é muito atraente. A minha leitura não durou nem 1 hora sequer. Os capítulos são curtos e as mensagens de amizade, união, bravura e persistência são transmitidas com ternura e deixam o leitor contente, saudosista e cheio de bons sentimentos, além de prendê-lo ao enredo supercriativo e ao mistério do gorgolejar.

''[...] Foi então que passaram a ter um mau pressentimento. Lucas voltou-se para Jéssica e percebeu que ela também tinha ouvido aquele estranho gorgolejar [...] Desta vez ouviram uma sequência. Aquele som esquisito lembrava água borbulhante em um lago pantanoso [...] Agora Lucas não ouviu algo esquisito, ele sentiu algo muito esquisito. Alguma coisa fria e pegajosa segurou os seus pés quando tentou se mover.''

As atitudes e sentimentos infantis, como a pureza, mesmo em contraste com a poluição do mundo, faz o leitor refletir sobre o sentimento da verdadeira amizade e amor. É uma aventura muito legal que não serve apenas para o entretenimento mas também para conduzir uma lição. Para mim, aventuras são viciantes e empolgantes mesmo quando simplórias.

Talvez seja isso que falte no momento atual de nossas crianças e adolescentes, uma vida em verdadeiro contato com a natureza, com o novo, com o diferente, que traga a vontade de sentir e explorar a beleza do mundo ao redor e todos os seus segredos. Talvez sejam histórias como esta que transformem os pequenos em grandes guerreiros capazes de conquistar seus objetivos sem medo de sair em busca de cada um deles. Talvez falte coragem como a do querido autor, que ao modelo de seus próprios personagens, enfrentou suas dúvidas e receios e trouxe para esse mundo tão dissolvido por conflitos civis, guerras e preconceitos, uma realidade tão bela que, embora escrita como um conto fantástico, delineia muito o mundo real. A impressão que tive é de que o autor usou de alguma realidade de sua vivência para compor sua história. Parece mesmo baseada em fatos reais e misturada a um mundo quimérico muito saboroso.

Quero aconselhar ao autor que também publique essa maravilhosa obra em formato físico para que fique ainda mais fácil adquiri-lo. O livro é fabuloso. Os diálogos são inocentes, compreensíveis e charmosos. A evolução do autor durante a obra é magnifica. Um bom final é garantido e o segredo do lago gorgolejante é finalmente desvendado. Eu gostei demais! Entendo que a obra do autor enfoque a disciplina, respeito, obediência dos mais jovens para os adultos. Desobedecer a ordem dos pais não é legal! Nem sempre as circunstâncias após o não cumprimento das regras serão fracas e mutáveis. É preciso entender que, às vezes, não acatá-las pode gerar um ciclo vicioso que acarretará sabe-se lá Deus em quê! Decerto é um livro que ganhou o meu respeito e 5 estrelas, sem dúvida. Parabéns ao autor.




Então é isso pessoal, o que acharam de ''O Segredo no Lago Gorgolejante''? Vocês podem deixar suas opiniões aqui embaixo nos comentários. 

Deixo a vocês um forte abraço e indico a obra para todas as idades.

Até a próxima, valeu!


Comente com o Facebook:

16 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Adorei!!! Fiquei encantado com o livro. Espero que o autor lance uma versão física da obra. Realmente, valeria a pena!
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  3. Leonardo a sua resenha foi escrita de forma bem simples. Porém a simplicidade da resenha não desmerece o brilho dela, como de costume você o fez com muita competência. Parabéns ao autor pe

    ResponderExcluir
  4. Valeu Fernando. Verdade, valeria a pena, sim.

    ResponderExcluir
  5. Luciano, é verdade, para fazer a resenha, segui a linha de simplicidade da obra. Eu gostei demais do livro e o autor merece os parabéns mesmo.

    valeu.

    ResponderExcluir
  6. Confesso que fiquei o que me chamou atenção foi a capa,achei muito bonita. Após ler sua resenha me interessei pela história também, parece ser bem legal. Tomara que o autor lance o livro em forma física vale muito a pena.

    Beijos:*
    Escritas na Chuva

    ResponderExcluir

  7. Que interessante! Gostei da resenha, pois foi ventilada de forma encantadora, nos colocando a par do que o livro apresenta, os sentimentos saudosistas e saudável, sem contar no assunto que você cita que penso ser de extrema importância hoje. Acredito que nós adultos precisamos rever esses sentimentos da verdadeira amizade ,pois o que se percebe é a inversão de valores, ondem tão importante sentimento tem sido deixado por muitos de lado, acreditando ser mais fácil fazer seu trajeto na vida sozinho, não esquecendo que sozinhos já nascemos e morremos, mas podemos amenizar a caminhada, fazer dessa ponte uma passo de dança com aqueles que realmente acredita na verdadeira amizade. Parabéns ao autor pelo belíssimo livro e ao resenhista, pois despertou em mim o sentimento mais bonito e encantador o “Amor”.

    ResponderExcluir
  8. Olá Dani Jardim, eu agradeço por sua visita e comentário e concordo com você, será uma pena se o autor não publicar esse livro em formato físico, a obra merece esta plataforma.

    Beijos e volte sempre.

    :)

    ResponderExcluir
  9. Geh, que beleza de comentário, hein? Como sempre, esbanjando sentimentos bons a cada palavra. Sou grato por sua opinião aqui, é sempre fundamental.

    Beijos minha querida.

    :P :P :P

    ResponderExcluir
  10. Obrigado! Seu elogio é acolhedor.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  11. O autor desta obra solicita que preferencialmente sejam adquirido esre ebook na livraria Amazon, pois em contrato anterior este ebook foi distribuído a diversas livrarias digitais as quais repassavam os direitos outorais vindo a mesma a encerrar suas atividades, porém a distribuição da obra através de suas parceiras continua em permissão de contrato...

    ResponderExcluir
  12. Gostaria de uma análise de o ebook:
    A CASA PROIBIDA, do mesmo autor...

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd